Benção dos Pães marca o último dia do Trezenário de Santo Antônio

0

A chuva não foi elemento suficiente para abalar a devoção dos vários fiéis presentes na Colina de Santo Antônio, em Aracaju, no início da manhã desta quinta-feira, 13, durante a tradicional Benção dos Pães de Santo Antônio. A missa celebrada pelo Frei Francisco Gonçalves faz parte da programação do Trezenário de Santo Antônio, cuja programação foi iniciada em 1º de junho e termina nesta quinta.

O dia 13 é tido como uma data especial para os devotos do santo católico. Neste dia são recordadas a sua morte e o seu reconhecimento de santo que obteve ainda em vida. Para a edição de 2019 o evento foi configurado a partir do tema ‘Esperança’, o que, segundo o Frei Francisco, é uma resposta às aflições da humanidade nos dias atuais. “Com Santo Antônio continuamos com esperança e entendemos que é missão nossa, como cristãos e como igreja, dar resposta à situação que aí está, marcada pelo desespero e pela desesperança. É obrigação nossa sinalizar a esperança”, exalta o pároco.

“É obrigação nossa sinalizar a esperança”, exalta Frei Francisco. (Foto: Portal Infonet)

Para Francisco, alguns aspectos desta edição do trezenário chamaram a sua atenção. Uns devem ser comemorados e outros tratados com reflexão. “A começar pelos aspectos da natureza, já que toda a noite víamos cair bastante água e o povo não arredava o pé. O que também diferencia em relação ao ano passado é a quantidade de pessoas, pois penso que esse ano veio muito mais gente. Uma outra característica é a de que esse ano o público aparenta estar desencantado, dada a situação que o nosso país vive.”, explica.

Entre a gama de fiéis presentes havia muitos veteranos da celebração, a exemplo da devota Risodete Santana, que há mais de 30 anos se faz presente na programação de louvor a Santo Antônio. Ela conta que possui uma relação de carinho com o santo. “Acredito muito na intercessão dele (Santo Antônio). Houve muita dificuldade para que eu pudesse vir até aqui hoje, mas com a sua intercessão eu venho hoje tranquila”, salienta Risodete.

A dona de casa Maria Esmeralda participou pela primeira vez do evento. (Foto: Portal Infonet)

Houve também quem veio de longe para participar pela primeira vez da celebração. A dona de casa Maria Esmeralda veio do povoado Pontal, município de Indiaroba, localizado a 93 km da capital Aracaju, e promete voltar nas próximas edições. “Se Deus permitir e Santo Antônio me der vida e saúde eu estarei sempre aqui”, pontua Esmeralda.

Programação

Os louvores acontecem durante toda a quinta em Aracaju e logo mais, às 12h, ocorrerão duas missas, uma na Igreja de Santo Antônio, com o Padre Rubem Gomes Barbosa, e outra na Igreja do Espírito Santo, com o Frei Francisco Gonçalves. Na sequência, uma nova celebração será realizada às 15h, com o Frei Fernando Pinheiro e às 18H30 com o Frei Francisco, ambas na Igreja de Santo Antônio.

por Daniel Rezende

Comentários