Bombeiros fecham ponto de venda de gás ilegal

0

O Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) atendeunas últimas 24 horas, a 589 chamadas encaminhadas à Polícia Militar e a outras 50 ao Corpo de Bombeiros.

O Ciosp registrou na última segunda-feira, 2, duas denúncias de venda irregular de gás de cozinha. A primeira, às 7h33, indicou uma casa na Rua B, Loteamento Santa Maria, zona de expansão. A outra, que apontou uma mercearia na Avenida José de Oliveira Guedes, no Bugio, que além da venda de gás e oxigênio, também realizaria entregas de forma irregular. Este local, aliás, foi citado em duas ligações recebidas pelo Ciosp: às 7h39 e às 13h34. Os dois casos foram repassados à Diretoria de Atividades Técnicas (DAT) dos Bombeiros, que fiscalizou os dois locais indicados.

O Corpo de Bombeiros orienta que as pessoas denunciem, através do telefone 193, os pontos de venda irregular de gás de cozinha e combustível, que oferece riscos de explosão ou acidentes graves. Eles podem ser identificados por expor ou armazenar estes produtos sem seguir as regras de segurança previstas, ou mesmo a autorização dos Bombeiros e outros órgãos competentes. Os comerciantes irregulares podem ser multados e ter suas mercadorias apreendidas.

Outras ocorrências 

Um princípio de incêndio foi registrado às 23h35 de segunda na rua Itabaiana, centro da capital. O proprietário de uma loja ligou para o Ciosp informando que havia colocado fogo no lixo que estava acumulado no quintal dos fundos, mas as chamas se alastraram e perderam o controle. Duas equipes do 1º GBM foram enviadas ao local para controlar o fogo.

Fonte: SSP

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais