Cães localizam vítimas do desabamento de prédio

0

Trabalho de resgate muito minucioso para preservar a vida das vítimas (Fotos: Portal Infonet)

No final da tarde deste sábado, 19, os cães farejadores do Corpo de Bombeiros de Sergipe localizaram com vida, as quatro vítimas do desabamento de um prédio de quatro andares, localizado à rua  Poeta José Sales Campos, no bairro Coroa do Meio, zona Sul de Aracaju. A preocupação maior das equipes de resgate é o fato de já estar anoitecendo, o que dificulta o salvamento do casal e das crianças, sendo uma de seis anos e um bebê.

O assessor de Comunicação do Corpo de Bombeiros de Sergipe, capitão Carlos Alves explica que uma das vítimas falou com as equipes e informou que todos estão vivos.

“Estamos muito preocupados com o fato de já estar anoitecendo por conta da dificuldade de chegar até as vítimas. Já sabemos que tem quatro pessoas embaixo dos escombros. Os cães dos bombeiros conseguiram localizar uma das vítimas soterradas, que informou estarem os quatro vivos, mas o local é de difícil acesso porque tem uma laje e o trabalho é bastante minucioso, para que não haja novo desabamento”, explica.

Ambulâncias a postos para prestar os primeiros socorros

No local existem além de equipes dos Bombeiros, da Defesa Civil Estadual, da Defesa Civil Municipal, do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), das Empresas Municipais de Obras (Emurb) e de Serviços Urbanos (Emsurb), além das Construtoras Cosil e Celi, que estão auxiliando nos trabalhos de resgate, apesar de o prédio de quatro andares e 24 apartamentos não ter sido construído por nenhuma construtora.

“O trabalho de buscas das vítimas e de resgate é de formiguinha mesmo, mas estamos contando com uma verdadeira força-tarefa. O prédio não foi construído por nenhuma construtora. A informação é de que um engenheiro projetou a obra e contratou os trabalhadores. E ainda que um prédio que também já foi construído aqui na vizinhança para alugar, é do mesmo dono”, acrescenta o capitão Carlos Alves.

Como havia informado inicialmente o vigilante do prédio, costumavam dormir no local, um casal com duas crianças. No local, a informação é de que se trata de uma criança de seis anos e um bebê. As vítimas respiram com dificuldades, mas a expectativa é de que todas sobrevivam. Ainda não há identificação das vítimas.

Por Aldaci de Souza

Comentários