Caixa d”água: Defesa Civil aponta corrosão precoce

0
Defesa Civil: corrosão precoce detectada em laudo (Foto: Ascom Seidh)

A Defesa Civil concluiu o laudo técnico que analisou as causas do desabamento da caixa  d´água, cuja estrutura desmoronou no dia 5 deste mês sobre o teto da Escola Municipal Professor Osman dos Santos Oliveira, deixando duas crianças mortas e cerca de 20 pessoas feridas no povoado Campo Grande, município de Nossa Senhora das Dores.

O coronel Alexandre Reis, diretor da Defesa Civil do Estado de Sergipe, não revela detalhes sobre o laudo técnico, mas garante que os peritos apontam a alta corrosão da base da caixa d´água e que os motivos da corrosão precoce serão investigados pela Polícia Civil e também pelo Ministério Público Estadual.

Cópia deste laudo pericial foi encaminhada nesta segunda-feira, 27, tanto para a Polícia Civil quanto para o MPE. As investigações, no âmbito da Polícia Civil, estão sendo conduzidas pelo delegado Marcos Garcia, que já ouviu mais de 20 pessoas e está aguardando outros laudos periciais, também produzidos pelo Instituto de Criminalística e pelo Instituto Médico Legal para concluir o inquérito policial.

Por Cássia Santana

Comentários