Caminhão roubado é apreendido em Nossa Senhora da Glória

0

Carreta estava na cidade de Glória
Uma blitz de rotina feita por policiais da Delegacia Regional de Nossa Senhora da Glória, sertão do Estado, resultou na apreensão de uma carreta Volvo FH440 avaliada em R$ 300 mil, que foi roubada no dia 24 de maio em Salvador (BA). O veículo foi interceptado às 22h de quinta-feira,19 no trevo de acesso ao município e, após consulta de dados junto ao Infoseg (sistema eletrônico ligado ao Ministério da Justiça), descobriu-se que o chassi e as características originais foram adulteradas e que sua placa, JSH-1513/BA, do município baiano de Candeias, é clonada de outro veículo.

Segundo o delegado Samuel Oliveira, de Glória, a placa original do carro é MSE-6780/ES, da cidade capixaba de Ibiraçu (a 74 km da capital Vitória). “Além da placa, a cor original dele, que era preta, foi trocada pela branca e o chassi do motor estava adulterado, não batia com o número impresso nos vidros. Foi o que nos levantou a suspeita de que aquele caminhão era roubado”, contou Samuel. Durante a abordagem, a polícia encontrou um revólver calibre 38 com o passageiro do veículo, Jeffson Martins de Andrade, 27 anos, que foi preso em flagrante e autuado por porte ilegal de arma.

O motorista da carreta, Jurandi Batista de Jesus, 44, também foi preso em flagrante e autuado por receptação e uso de documento falso. “Ele confessou que comprou esse veículo na Bahia por R$ 70 mil, quando ele é, na verdade, avaliado em R$ 300 mil. Na prática, ele tinha conhecimento da origem do veículo, que se tratava de um caminhão roubado”, disse o delegado, informando ainda que a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) apresentada pelo acusado é falsa. “O Jurandi está habilitado para a categoria AB, que é equivalente à condução de motos e carros de passeio, mas estava dirigindo uma carreta, que só pode ser conduzida por quem está habilitado na categoria E”, explicou Samuel.

O delegado informou que as investigações devem continuar para descobrir qual a origem do veículo e quem foi o autor do roubo e da venda dele. A suspeita recai sobre grupos que roubam carros na capital baiana e os despacham para outros estados do nordeste. A apuração contará com o apoio da Divisão de Roubos e Furtos de Veículos (DRFV) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF). As polícias da Bahia e do Espírito Santo também foram comunicadas da ocorrência.

Participaram da ocorrência as equipes dos delegados Antonio Francisco Oliveira Filho, da Regional de Glória, e Jorge Eduardo, de Monte Alegre.
 
Fonte: Ascom SSP/SE
 
 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais