Caminhões com cargas da BA são interceptados por policiais

0
Veículos foram interceptados durante blitz (Foto: 11º Batalhão)

Policiais militares do 11° Batalhão da Polícia Militar (11º BPM) de Tobias Barreto, abordaram dois caminhoneiros com cargas oriundas da Bahia, sendo que um deles conduzia mais de 15 toneladas de farelo de trigo, utilizando nota fiscal suspeita de fraude, e o outro, havia entrado em Sergipe com um carregamento de esterco aviário, popularmente conhecido como “cama de galinha”.

Sobre a primeira carga de farelo, o caminhoneiro relatou que os donos enviaram uma nota fiscal reaproveitada do carregamento de outro dia e que, como frentista, “só estava cumprindo ordem”. Quanto à carga de “cama de galinha”, existia a suspeita de que seria usada para ração de gado bovino, o que é uma ação criminosa.

Conforme os artigos 6º e 7º da portaria da Secretaria Estadual de Agricultura e do Desenvolvimento Rural (Seagri) 044/14, a entrada deste último produto no Estado de Sergipe é proibida, salvo se devidamente autorizada e documentada pela Seagri, para uso exclusivo na adubação de plantações.

Diante da suspeita, as cargas foram retidas para que a fiscalização fazendária estadual e a Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Emdagro), os órgãos responsáveis, tomem as devidas providências legais.

Fonte: SSP

Comentários