Carlos Cauê recebe título de Cidadão Sergipano pela Alese

0
Carlos Cauê recebe título de Cidadão Sergipano pela Assembleia Legislativa (Foto: Marcelle Cristinne)

A tarde desta segunda-feira, 14, foi de homenagem e reconhecimento a Carlos Cauê, secretário da Comunicação Social de Aracaju. Na presença de autoridades do Município e do Estado, o jornalista, publicitário e escritor recebeu, da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), o título de Cidadão Sergipano, pelo seu trabalho e dedicação ao estado que acolheu como seu há 40 anos.

Natural de Alagoas, Carlos Cauê começou sua trajetória em Sergipe ainda na universidade, onde, já nos primeiros anos de curso, esteve à frente de movimentos estudantis e deu os passos iniciais para os caminhos políticos que segue trilhando.
Durante a cerimônia, Cauê ressaltou a representatividade do título para a sua história, tanto pessoal como também profissional, seja na comunicação ou na política.
“A sensação de pertencimento é muito fundamental a qualquer ser humano. Quando vamos para uma cidade diferente da que originalmente somos é necessário que se tenha essa sensação de pertencimento. Esse título comprova o sentimento que tenho por Aracaju e por Sergipe, além de ser fruto da minha trajetória, do meu trabalho, da vida que desenvolvi e optei ter aqui, trabalhando em favor dessa terra onde vivo e me reconhecendo como gente, como homem e como cidadão. Me sinto honrado por participar da vida de uma cidade e de um estado em duas instâncias tão relevantes: a comunicação e a política. Agradeço a Luciano Bispo pela iniciativa, pela homenagem de ser considerado desta terra que me ensinou muito. Foi aqui que eu tive régua e compasso para geometrizar a minha existência”, considerou Cauê.
Companheiro de jornada estudantil e política, o prefeito Edvaldo Nogueira destacou a relevância do profissional, até mesmo para a sua vida pessoal.
“Falar de Cauê é emocionante. Temos uma origem comum. Somos os dois alagoanos. Nos encontramos aqui, em 1981, e, de lá para cá, estivemos juntos nas lutas políticas. Desde as eleições para o DCE da UFS até as campanhas eleitorais. Fundamos juntos o PCdoB. Cauê sempre foi esta inteligência fulgurante. Somos amigos-irmãos há 39 anos. Ele é de uma inteligência raríssima, tem uma sensibilidade extraordinária, é um desses fenômenos, uma raridade que aparece de tempos em tempos”, salientou Edvaldo.
O presidente da Alese, Luciano Bispo, autor da propositura, afirmou que o título é apenas a formalização do reconhecimento a quem tanto prestou a contribui ao desenvolvimento, não só de Aracaju, mas do estado.
“Nós é quem temos a honra de torná-lo sergipano de fato e de direito. Ele tem grandes serviços prestados a Sergipe. Ele é o homem das transformações políticas do estado, é um grande aliado, um grande companheiro para aquilo que ele acredita ser o melhor para a política sergipana. Ele faz um trabalho excelente junto àqueles que ele sabe que podem ajudar no progresso de Sergipe e isso merecia ser reconhecido”, completou.
O governador de Sergipe, Belivaldo Chagas, frisou que falar de Cauê é falar de competência e ressaltar uma história que se mescla com a história do próprio estado.
“Cauê é um homem que, quando abraça uma causa, abraça de corpo e de alma, com determinação. Escolheu Sergipe para viver, para adotar como sua terra, hoje, viemos oficializar isso, torná-lo um verdadeiro sergipano de direito, abraçando as causas, valorizando e enaltecendo o povo sergipano, nos fazendo acreditar nas potencialidades do nosso estado. Portanto, é um reconhecimento digno e justo”, pontuou Belivaldo.
Também estiveram presentes na cerimônia os deputados estaduais Zezinho Sobral, Capitão Samuel e Adailton Martins; e o reitor da Universidade Tiradentes, Jouberto Uchôa.
Biografia
Carlos Roberto Silva, mais conhecido como Carlos Cauê, nasceu em Maceió, Alagoas. Formado em Jornalismo, pela Universidade Tiradentes, ele chegou a Aracaju em 1981. Se especializou em Publicidade e Marketing Político, assumindo a coordenação de diversas campanhas políticas. Também foi um dos fundadores do Partido Comunista do Brasil (PCdoB), em Sergipe, presidente da Fundação Cultural Cidade de Aracaju (Funcaju), secretário de Cultura da Prefeitura de São Cristóvão, secretário de Estado da Comunicação do Governo de Sergipe e, atualmente, é secretário Municipal da Comunicação Social de Aracaju.

 

Fonte: AAN  

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais