Casal “do tráfico” é preso em Canindé

0
José e Maria estão presos na Delegacia de Canindé (Fotos: Adepol Canindé)

Na madrugada deste domingo, 16, durante as festividades juninas em Canindé de São Francisco, a Equipe de policias civis da Delegacia de Canindé, comandada pelo delegado Guilherme Augusto Volkweis, com o apoio de policiais militares do 4º Batalhão, realizaram uma operação conjunta que terminou com a prisão de um casal de trficantes no bairro Olaria.

Após semanas de investigação, os policiais desvendaram todo o esquema da comercialização ilegal que funcionava na própria residência do casal, onde os mesmos recebiam, armazenavam e vendiam as drogas. Ao chegarem ao local, os policias encotraram 14 pedras de crack, 8 trouxas de maconha, dinheiro proveniente do tráfico, documentos de devedores, além de uma arma calibre 32.

  O casal comercializava a pedra de crack a R$10,00 e as trouxas de maconha ao preço de R$5,00. Maria de Fátima, a esposa, era responsável por receber, guardar e entregar a droga para os clientes, enquanto seu companheiro José Luiz dos Santos, era responsável pela gerência da parte financeira do comércio ilícito, recebendo pagamentos e entregando o troco.

  Logo após a prisão, o casal iniciou a discussão. José Luiz dos Santos, conhecido como "Nego", afirmou que a droga pertencia a sua esposa. Já Maria de Fátima afirmou que a droga pertencia ao seu marido.

Drogas e armas foram encontradas com o casal

Três usuários, que se encontravam no local, também foram conduzidos à Delegacia, ouvidos e liberados em seguida, tendo confirmado que estariam ali para adquirir drogas com o casal de comerciantes.

Na Delegacia, foi lavrado o Auto de Prisão em Flagrante por Tráfico de drogas e Posse ilegal de arma de fogo, o casal encontra-se detido, à disposição da Justiça Sergipana.

Fonte: Depol Canindé

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais