Caso Ana Paula: promotora pede prisão preventiva de suspeito

0
Victor Aragão ficou em 35rdade desde a semana passada (Foto: Facebook/arquivo pessoal)

A promotora de justiça Cláudia Daniela de Freitas Silveira Franco, 8ª Vara Criminal, pede a prisão preventiva de Victor Aragão da Silva, acusado pela morte da consultora de vendas de veículos Ana Paula de Jesus Santos, que sofreu golpes de marreta no mês de maio deste ano. Ao concluir o inquérito policial, a delegada Luciana Pereira, da Polícia Civil, pediu a conversão da prisão temporária em preventiva mas essa solicitação foi negada pelo juiz Daniel de Lima Vasconcelos, da 8ª Vara Criminal de Aracaju, por onde o processo começou a tramitar e o caso está sendo tratado como feminicídio.

A promotora de justiça Cláudia Daniela se manifestou, com pedido de reconsideração da decisão judicial, e defende a prisão como instrumento necessário. Ela entende que, por se tratar de homicídio, mantê-lo em liberdade ofende a ordem pública. Victor foi preso, alvo de mandado de prisão temporária, mas já está em liberdade desde a semana passada quando o prazo da prisão se expirou.

A promotora de justiça continua analisando o processo. Ela solicitou algumas diligências, que já foram cumpridas pela Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP). Na ótica da promotora de justiça, alguns depoimentos classificados como importantes para esclarecer a morte da consultora de moda deixaram de ser anexado.

por Cassia Santana

 

Comentários