Caso Lorrany: Polícia transfere suspeito e pede prisão preventiva

0

A Polícia Civil (PC) solicitou a prisão preventiva de homem acusado de matar a menina Lorrany Kethilly Santos, de 6 anos, que foi encontrada morta no início da tarde desta quinta-feira, 21, no bairro Santa Maria, zona sul da capital. 

De acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública de Sergipe (SSP/SE), o suspeito possui 42 anos e mora na mesma rua que a vítima. 

Segundo apurações, o homem possuía um histórico de abuso sexual contra menores e foi visto em companhia da menina, pouco antes dela desaparecer, por meio de câmeras de segurança e relatos de testemunhas.

Revolta

A morte de Lorrany Kethilly Santos gerou descontentamento na população moradora do bairro Santa Maria, que iniciou um tumulto e tentou invadir a delegacia em que o suspeito estava detido. 

A tentativa de invasão resultou em veículos quebrados, incluindo viaturas da própria polícia. Devido a isso, a Polícia Civil precisou de reforços e acionou o Batalhão de Polícia de Choque (BPChq) para conter a população descontente. 

De acordo com a SSP, por motivo de segurança, o suspeito precisou ser reintegrado para outra unidade da Polícia Civil da capital. No momento, o homem está sendo interrogado. 

Confira o vídeo:

Por Luana Maria e Verlane Estácio 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais