Catador de recicláveis pode ter sido assassinado por engano em Arauá

0
O caso está sendo investigado pelo delegado Francisco Gerlândio. (Foto: Grupo Liberdade de Expressão)

Um catador de recicláveis identificado como Jorge Messias dos Santos, 44, foi vítima de homicídio na noite da última terça-feira, 04, no povoado Grogodó, município de Arauá. A polícia trabalha em diferentes frentes de investigação e não descarta a hipótese de morte por engano.

A informação foi confirmada pelo delegado Francisco Gerlândio, que está à frente do caso. “Ainda não há muitas informações. As pessoas viram um automóvel passando, ouviram os disparos e quando lá chegaram ele já estava morto. Agora estamos abrindo o inquérito e investigando”, declara o delegado.

Segundo Francisco, a vítima não possuía passagem pela justiça e era conhecido no município com alguém pacato que vendia picolés e catava recicláveis. “Trabalhamos com algumas possibilidades e não tá descartada a hipótese de morte por engano”, informa.

O corpo de Jorge Messias foi transferido para o Instituto Médico Legal (IML) às 2h da madrugada desta quarta-feira, 05, e até o fechamento do balanço diário, ainda não havia sido liberado para sepultamento.

por Daniel Rezende

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais