CEF lança conta eletrônica para não-bancarizados

0

As pessoas que nunca foram clientes de banco podem agora abrir conta na Caixa Econômica Federal. Essa nova conta, batizada de “Conta Eletrônica Caixa Aqui”, foi lançada experimentalmente em alguns municípios em abril deste ano e vai promover o acesso de milhões de famílias brasileiras a produtos e serviços financeiros. Inicialmente, a Conta Eletrônica vai ser aberta em agências da Caixa que atendem às regiões da periferia das cidades de São Paulo, Belo horizonte, Brasília e Curitiba, mas a meta é estender a operação para toda a sua rede de 2.000 agências em todo o país até fevereiro de 2003. Ao longo de todo o ano que vem, a Caixa espera abrir um milhão de contas desse tipo. “Uma significativa parcela da população tem estado distante dos serviços bancários. A “Conta Eletrônica Caixa Aqui” é um passo importante na direção de possibilitar a inclusão social dessas pessoas, que somam 25 milhões de famílias em todo o país”, diz o presidente da Caixa, Valdery Albuquerque. Por ser uma modalidade de conta voltada para o público não-bancarizado, a Conta Eletrônica é bastante simplificada. ABERTURA DA CONTA – Na abertura, é exigido apenas o CPF, documento de identificação e comprovante de endereço – ou declaração de próprio punho sobre local em que reside -. Não há quantia mínima para iniciar – com menos de R$ 10,00, por exemplo, é possível se tornar cliente. A movimentação é feita somente por meio de cartão magnético, em qualquer ponto de atendimento da Caixa – nas 9.000 lotéricas, 2.108 correspondentes bancários instalados em comércios de pequenos municípios e agências -. Além disso, há isenção de tarifas, desde que obedecidos os limites mensais de transações. VANTAGEM – Uma das vantagens é que a Conta Eletrônica vai possibilitar que muitos trabalhadores possam receber seus salários através de crédito direto em conta. Esses trabalhadores poderão sacar seu dinheiro em uma lotérica, ou na padaria, mercado, farmácia credenciados à rede Caixa Aqui, sem precisar se deslocar para o município vizinho, promovendo a circulação de recursos e o desenvolvimento local.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais