Centenas de pessoas participam do Passeio de Tototó

0

Aracaju está completando 151 anos de história, e dentro da programação preparada para comemorar o aniversário da cidade está um evento que visa a preservação e revitalização de um dos maiores patrimônios naturais da cidade e do Estado como um todo.

 

Trata-se do Passeio de Tototó pelo rio Sergipe. Organizado pelo terceiro ano consecutivo, o evento tem como intuito ser um grito ecológico em prol deste rio que corta grande parte dos municípios sergipanos, conforme ressalta a organização. Para tanto, centenas de pessoas embarcam nos tototós que saem do Bar do Cajueiro, no bairro Inácio Barbosa e seguem até a orlinha do bairro Industrial e retornam para seu ponto de origem.

 

Osmário
“A festa é um grito ecológico em prol do rio Sergipe que corta 26 municípios sergipanos e que possui um grande importância econômica e social para o Estado. O rio necessita de revitalização. O índice de oxigenação dele está baixo. Muitos dejetos, esgotos são lançados direto em seu leito sem tratamento, principalmente em Aracaju”, comentou o jornalista Osmário, responsável pela organização do evento.

 

É justamente para participar desta “reunião” ecológica que Fábio Costa vestiu a camisa do evento e foi até o Bar do Cajueiro na tarde de hoje. Participando do passeio pelo segundo ano, ele ressalta que a imagem que se tem da cidade quando se a observa do leito do rio Sergipe é completamente diferente de qualquer outra visão que se possa ter da capital.

 

“O passeio é bem bacana, bem interessante. Ver a cidade, estando no leito do rio, é muito diferente. A paisagem é outra, parece até que se está em outro lugar. A visão da vegetação, do verde, das margens faz parecer que

Fabio Costa, David Magno, Darlan Pereira e Antônio Carlos
estamos no meio de um rio cercado pela mata. É algo muito bonito”, declarou Costa.

 

Quem também pela segunda vez embarca num tototó para fazer o passeio pelo leito do rio é o jornalista Marcelo Rangel. Para ele o evento além da importância ecológica tem também um caráter de preservação dos tototós, um tipo de embarcação que faz parte da história da capital sergipana.

 

“Vim a primeira vez ano passado e adorei. Acho importante esse tipo de evento onde as pessoas possam se divertir e, mais, que ao mesmo tempo promova a valorização dessas embarcações que cumpriram um papel tão importante no desenvolvimento da cidade e do Estado. Além disso, o fato do evento ser realizado no aniversário de

Marcelo Rangel
Aracaju o torna mais empolgante ainda”, disse
Rangel.

 

Dentre as cerca de 850 pessoas, conforme os números da organização, que participaram do evento estavam políticos, personalidades sergipanas e artistas. Até mesmo o prefeito Marcelo Déda compareceu e embarcou em um dos tototós que por volta das 16 horas partiram pelo leito do rio Poxim, afluente do rio Sergipe.

Por Alice Thomaz
Da Redação do Portal InfoNet

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais