Chefe de facção criminosa ‘Comando de Paz’ é preso em Aracaju

0

O homem é acusado de pertencer a uma facção criminosa que atua em Salvador Foto: SSP
O traficante José Roberto dos Santos, o ‘Zé Roberto’, foi preso no último final de semana, em uma concessionária na entrada de Aracaju, durante um trabalho conjunto da Divisão de Inteligência e Planejamento Policial (Dipol) e da Superintendência de Inteligência da Bahia. Ele é considerado um dos principais chefes da facção criminosa Comando da Paz (CP), que atua em Salvador. A prisão aconteceu no sábado,29.

Segundo informações das polícias baiana e sergipana, havia somente a informação de que Roberto tinha se deslocado da capital baiana para Aracaju em um veículo Vectra, de cor azul, com placa de Salvador, e que tinha alugado uma casa próximo à praia. Após diligências, a polícia descobriu que ele estava se deslocando em Aracaju por meio de táxi e que o carro era sempre o mesmo. Foi localizado o veículo e foi feita a vigilância durante o sábado até que o Robertinho foi visto desembarcando em uma concessionária de veículos, momento em que a sua prisão foi efetuada. Não houve resistência e ainda no sábado ele foi recambiado para Salvador.

O traficante é apontado como mandante das mortes de Camila Pedreira Frias, 20 anos, e de um outro homem. A informação é que Camila era casada com um dos chefes da facção paulista Primeiro Comando da Capital (PCC) e mãe do bebê de um ano, que foi encontrado em um carro no dia 10 de maio em uma avenida movimentada de Salvador.

Robertinho foi apresentado à imprensa baiana nesta segunda-feira, mas pelo que foi apurado até o momento Camila e outro homem vieram de São Paulo entregar um carregamento de cocaína em Salvador, porém ao invés de pagar o carregamento, Robertinho matou o casal e abandonou o corpo na região metropolitana de Salvador.

O delegado Gilberto Guimarães confirmou que Robertinho é um dos líderes da facção criminosa Comando da Paz é que ele é responsável pelo tráfico de drogas e de armas no Estado da Bahia, além de possuir liderança majoritária nos presídios daquele Estado.

Fonte: SSP

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais