Chuvas devem continuar até o final de julho em Sergipe

0
Da avenida Ivo do Prado, a dificuldade para enxergar a Barra dos Coqueiros (Foto: Aldaci de Souza/Portal Infonet)

As chuvas registradas nas últimas horas em todo Estado de Sergipe vão continuar até o final de julho, de acordo com informações do Centro de Meteorologia da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh). Chove com intensidade na capital e no interior. Em alguns municípios, a temperatura chegou a 14 graus.

“São chuvas típicas do inverno. Entramos agora no período de estabilidade, mas as chuvas terão continuidade até o final do mês, com alguns registros em agosto e setembro. Chove não somente na capital, mas no interior, inclusive com quedas de temperatura. Nos finais de tarde e na madrugada há registro de ventos mais frios. Para se ter uma ideia, nos municípios de Simão Dias, Lagarto, Poço Verde, Nossa Senhora da Glória e Monte Alegre, a temperatura chegou a 14 graus”, destaca o meteorologista da Semarh, Overland Amaral.

Defesa Civil

Overland Amaral: "Ventos mais frios"

Por conta das chuvas, a Defesa Civil Municipal informou nesta quarta-feira, 16, estar atuando no sentido de evitar problemas a exemplo de deslizamentos ou outros problemas que possam trazer prejuízos a população.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil, coronel Reginaldo Moura, equipes percorreram todas as áreas críticas da cidade, a exemplo dos bairros Santos Dumont, Industrial, Soledade, América, entre outros.

“Não encontramos nenhum sinal evidente de problemas e visualmente não aparenta nenhum indicativo de deslizamentos, mas estamos orientando a população que enquanto permanecerem as chuvas e caso suspeitem de algum problema, saia de casa o mais rápido possível, de preferência portando a documentação necessária”, alerta Reginaldo Moura.

Reginaldo Moura: "População deve sair de casa a qualquer sinal de deslizamento" (Foto: Pedro Leite/Arquivo Portal Infonet)

A qualquer sinal de perigo, a população deve acionar imediatamente a Defesa Civil por meio do telefone 3214-1475 ou pelo Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), pelos números 190 e 193.

Por Aldaci de Souza

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais