Cidade vai ganhar novos terminais de integração

0

O novo terminal de integração da zona Oeste está na fase de drenagem. A Empresa SPR Engenharia e Participações Ltda., responsável pela construção, iniciou hoje os trabalhos de drenagem de toda a área para receber a sub-base. O novo terminal será chamado de Leonel Brizola e a fase marca o início efetivo da obra.

 

De acordo com a Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA), o novo terminal de integração custará cerca de R$ 1,4 milhão. As características incluem uma plataforma coberta, com capacidade de receber 27 ônibus (mais da metade da atual capacidade). O prédio terá sanitários, fraldário, lanchonete, ponto de táxi, rampas para deficientes físicos, piso tátil e sinalização em braile.

 

O terminal Leonel Brizola está sendo construído ao lado do terminal rodoviário Governador José Rollemberg Leite, que recebe a maior parte dos ônibus intermunicipais e todos os interestaduais. Sua localização facilitará a circulação daqueles que chegam à cidade pelo meio de transporte rodoviário.

SEGUNDO TERMINAL – Conforme explicou a PMA, este será o segundo terminal de ônibus a ser construído nesta administração, sendo que o primeiro foi o da Visconde de Maracaju. O primeiro terminal foi completamente reformado.

 

Depois de concluídas as obras do Leonel Brizola, já se prevê o início das obras no terminal da Atalaia e a construção de uma outra unidade na área dos mercados do Centro.

 

A Construção de abrigos de ônibus é outra medida já adotada pela SMTT. Segundo dados do órgãos, até agora, 62 novos abrigos foram implantados, sendo 37 do tipo publix. Outros 362 foram recuperados com a colocação de telhas, pintura e construção de calçadas.

 

 

O que é um terminal de integração?

 

Os terminais de integração existem em muitas cidades brasileiras, a exemplo de Florianópolis. Para quem não sabe o que isso significa, estas unidades realizam a integração de várias linhas de ônibus e funcionam como grandes pontos de ônibus onde os passageiros podem trocar de linha sem a necessidade de pagarem uma nova passagem.

 

Os terminais de integração funcionam da seguinte forma: se um passageiro precisa ir até a zona norte da cidade e está na zona sul, ele precisa pegar uma das linhas que circulam apenas por essa área para depois pegar um outro ônibus que circule pela sua área de destino.

 

No terminal de integração, ônibus que circulam por diferentes locais da cidade convergem. Lá, um passageiro pode descer do ônibus que passa apenas pela zona sul, por exemplo, e entrar em outro que passa apenas pela zona norte, sem precisar, para isso, comprar uma nova passagem.

 

Estas unidades são importantes porque facilitam a circulação pelo município. Além disso, há economia para aqueles que precisam pegar mais de um ônibus para chegarem a seus destinos. Em alguns Estados, como em Sergipe, existem terminais de integração intermunicipais, que ligam cidades da região metropolitana até a capital.

 

 

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais