Cinco são presos por sequestro e assalto

0

Os cinco integrantes foram presos na última sexta-feira, 17 (Fotos: Portal Infonet)
Uma quadrilha de seqüestradores e assaltantes foi desarticulada na última sexta-feira, 17, por policiais da 1° Delegacia Metropolitana e apresentada na manhã desta terça-feira, 21, pela Secretaria de Segurança Pública (SSP).

De acordo com a delegada Tereza Simone, após um intenso trabalho de investigação as equipes conseguiram chegar aos cinco integrantes. “Conseguimos identificá-los e junto ao judiciário foram expedidos mandados de prisão, então saímos na captura, tanto aqui em Aracaju como no interior”, relata a Delegada.

Acusados

Acusado chora dizendo que é inocente
Foram presos em Aracaju, Thiago dos Santos Souza, 20 anos, e Cleiton José de Oliveira Silva, 21 anos. Já na cidade de Aquidabã a polícia conseguiu prender José Roberto Silva Melo, 26 anos, vulgo “Boodog”. Em Itabi a polícia chegou a Jean Carlos Alves dos Santos, 28 anos, e em seguida a Ivanildo Santos Lima, 27 anos, na cidade de São Cristóvão.

Durante a apresentação da polícia, o acusado Ivanildo Santos Lima, alegou que não tinha conhecimento dos crimes e que é taxista.  Eu conheço só dois desses “caras”, mas não sabia de crime nenhum. Nunca vi esse Thiago na minha vida. Sou trabalhador e inocente” relatava, chorando, o acusado.

Crimes

Delegada diz que prisão é resultado de investigação
Dentre os crimes cometidos pela quadrilha a polícia destacou o assalto no bairro Inácio Barbosa, no último dia 2 de julho, quando os integrantes invadiram uma residência e renderam os moradores. “Eles aproveitaram que um motoboy estava fazendo uma entrega de lanche e invadiram a casa, amarraram os moradores, agrediram as vítimas e efetuaram o roubo”, relata Tereza Simone.

Ainda de acordo com a delegada a quadrilha também é responsável por um roubo a moto no dia 17 de julho e um seqüestro relâmpago a um taxista no último dia 27 de julho.

Segundo Tereza Simone os acusados irão responder pelos crimes de formação de quadrilha, roubo e seqüestro relâmpago. Todos ficaram presos a disposição da justiça.

Por Alcione Martins e Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais