ClimAju: PMA lança ferramenta para monitorar clima em tempo real

0
Coordenador da Defesa Civil de Aracaju apresentou ferramenta (Foto: Ana Lícia Menezes/PMA)

A partir desta terça-feira, 28, os aracajuanos passam a contar com um recurso inovador para monitorar a incidência de chuvas na cidade, em tempo real. Intitulada ‘ClimAju’, a plataforma, idealizada pela Prefeitura de Aracaju, reúne várias tecnologias que permitem ao cidadão verificar, com precisão, por exemplo, as áreas em que chove com maior intensidade, o acumulado de precipitações e a temperatura local. A ação pioneira, resultado de um projeto piloto executado pela primeira vez no país, foi apresentada em coletiva, pelo coordenador da Defesa Civil de Aracaju, major Silvio Prado.

“O ClimAju é uma resposta à demanda por informação mais fiel e em tempo real sobre o que ocorre em Aracaju no período de chuvas. Ela coloca na palma da mão do cidadão informações muito úteis. É  algo que não existe em nenhum lugar do país, com informações sobre o acumulado de chuva no momento, no dia, no mês, dados diversos sobre o clima ao vivo, entre outros dados. É uma ferramenta dinâmica e que coloca Aracaju um passo à frente”, destacou o major.

O ClimAju pode ser acessado pelo site oficial da Prefeitura, a partir de um ícone exposto na página principal. A ele estão integrados dezoito pluviômetros, sete câmeras de clima, ao vivo, cinco sensores de alagamento e dois sensores de movimentação de terra. São estes equipamentos que possibilitarão identificar as regiões em que o céu está limpo, nublado, ou que registram chuvas fortes, moderadas ou fracas. “Temos sensores instalados, por exemplo, nos rios Poxim, Poxim Mirim, nos canais do Bugio, do Jardins, da avenida Airton Teles, que nos permitem ver os níveis da água, além de câmeras e pluviômetros espalhados pela cidade. Tudo integrado ao site”, explicou.

Outra novidade é que as informações podem ser consultadas em quatro modalidades: mapa, clima, gráficos e estações. “É um sistema dinâmico, que é atualizado a cada minuto. O acesso é simples e pode ser feito pelo site da Prefeitura, onde está disponível um ícone que direciona para o site do ClimAju”, detalhou o coordenador da Defesa Civil.

Módulo interno

Além de auxiliar a população, que poderá se precaver, a ferramenta também será fundamental para a tomada de decisões, pelos órgãos competentes, uma vez que o site possui uma área interna, para acesso da Defesa Civil, com informações técnicas que permitirão identificar se determinados pontos da cidade podem ser impactados pelo volume de chuvas com deslizamentos de terra, inundações e/ou alagamentos. A área restrita também permite ao órgão municipal mensurar a velocidade dos ventos, antecipando situações adversas.

“Entre estas informações estão a intensidade da chuva, o acumulado de precipitação nos pluviômetros, informações sobre os sensores de alagamentos, inundações e sobre os sensores de solo e de vento, que foram instalados em três pontos da cidade, nos bairros Atalaia, Jardins e Porto Dantas. Esses sensores são de fundamental importância. Os de inundação, por exemplo, que foram instalados pela nossa gestão, já nos ajudaram a tomar decisões antecipadas, como aconteceu no Largo da Aparecida este ano, que retiramos as famílias da área, antes dos alagamentos. São dados que nos permite o planejamento das ações”, reforçou o major Sivio.

Fonte: PMA

Comentários