Comerciantes fazem novo protesto na avenida Nestor Sampaio

0
(Foto: Airton Figueiroa)

Comerciantes, trabalhadores e moradores da avenida Padre Nestor Sampaio foram às ruas na tarde desta sexta-feira, 6 de agosto, para protestar contra as mudanças ocorridas no trânsito da via. O objetivo é demonstrar os prejuízos causados à economia local e reverter as alterações.

A avenida que antes tinha dois sentidos, passou a ter sentido único desde a última segunda-feira, 2 de agosto. A mudança, segundo a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), teve como objetivo proporcionar mais mobilidade nos bairros Luzia, Grageru e Ponto Novo.

Mas o que era para ser algo positivo, segundo os participantes do ato, provocou transtornos na população moradora, nos profissionais que trabalham naquela área, assim como também nos comerciantes. “A alteração no trânsito causou uma queda de 30% a 70% na vendas. Além disso, causou engarrafamento nos horários de pico e dificultou a mobilidade na redondeza”, revela Airton Figueiroa, presidente da Federação dos Conselhos Comunitários de Segurança Pública do Estado de Sergipe (Feconseg/SE). 

Em nota, a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) disse que o estudo técnico e o projeto de mudança de circulação da avenida Nestor Sampaio e vias próximas foram aprovados por unanimidade pelo Conselho Municipal do Desenvolvimento Urbano (Condurb) em 2016.

A SMTT reforçou que o objetivo da mudança de circulação é melhorar, coletivamente, o tráfego de veículos e aumentar a segurança viária em uma das regiões mais movimentadas da cidade. O órgão disse também que, por diversas vezes, se reuniu com comerciantes e moradores da localidade, inclusive, algumas delas com mediação do Ministério Público do Estado (MPE).

Por Luana Maria e Verlane Estácio

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais