Condições do Mercado Albano Franco voltam a ser debatidas no MPE

0

A Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb) tem até o dia 26 de novembro deste ano para implantar a nova central de gás, os equipamentos de combate a pânico e instalar a fiação elétrica do setor de carnes do Mercado Albano Franco. Essa foi a decisão tomada ontem, 18, durante audiência pública realizada no Ministério Público estadual.

Só que de acordo com as representantes da empresa municipal de obras, não há nada em andamento por falta das informações necessárias por parte da responsável pelo mercado. De acordo com eles, foi pedido um projeto e o valor que seria investido, para ser feito dentro da realidade.

A procuradora da República, Gicelma Santos do Nascimento, disse que não dá mais para ficar só no âmbito da discussão com as partes envolvidas, ouvindo a cada encontro que as coisas serão resolvidas, quando de fato parece que nada está sendo feito.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais