Conheça os aventureiros em passagem por Aracaju

0

Grupo chegou na cidade na manhã deste domingo, 24, e hoje parte para Salvador (Fotos: Portal Infonet)
Pouco mais de seis meses e 58 mil km para cruzar as Américas. Esse é o tempo que um grupo de três proprietários da motocicleta Harley Davidson (PHDs, como gostam de ser chamados) levou para percorrer a distância do ponto mais ao sul das Américas, no Ushuaia, até a cidade de Prudhoe Bay, no Estado do Alaska, nos Estados Unidos, o ponto mais ao norte das Américas. A viagem foi custeada com 70% de recursos próprios e outros 30% de doações de amigos.

Sem dúvidas uma grande aventura, como conta ao Portal Infonet o empresário Edgar Tres Azevedo, conhecido como “Chico” em passagem por Aracaju, umas das cidades no caminho de volta para casa em Blumenau, Santa Catarina.

Chico destaca que a aventura foi para conhecer a cultura de cada região
“O desafio começou no dia 29 de maio saindo de Blumenau, em Santa Catarina. Passamos por inúmeras fronteiras da América Central, onde encontramos algumas dificuldades para entrar nos países, principalmente na Guatemala. Já nos Estados Unidos e Canadá são os locais menos burocráticos de se entrar, pois basta a apresentação do visto de entrada. A idéia é chegar de volta a Blumenau no dia 7 de novembro”, relata.

Os aventureiros ficam na capital sergipana até a manhã desta segunda-feira, 25, quando partem a Salvador. Os detalhes dessa grande aventura podem ser encontrados no diário de viagem que está na página da internet www.expedicaoalasca.com.br. Algumas informações curiosas estão no site, como o gasto de pneus, que foram três por motocicleta em toda a viagem.

Prudhoe Bay é o ponto mais alto das Américas
“Tivemos inúmeras aventuras. Por exemplo, o pior trecho de estrada que pegamos foi de Boa Vista a Manaus. Já na Venezuela, gastamos R$ 3 de gasolina para atravessar todo o país, porque lá o governo reduz a tarifa e o preço é bem baixo. A gente não pensou em bater um recorde nem nada do tipo, a idéia era criar para os motociclistas um guia dos melhores lugares, preços, esse foi nosso projeto”, afirma Chico.

Prudhoe Bay

De acordo com o censo de 2000, a população da cidade que fica no extremos das américas foi de 5 pessoas. No entanto, em determinado momento,  milhares de trabalhadores de apoio transitório do campo de petróleo Prudhoe Bay mudaram-se para o local. A cidade fica as margens do oceano Ártico.

A marca mais famosa de motos do mundo faz a cabeça dos aventureiros

Por Bruno Antunes

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentários