Conselho de Ética do Senado arquiva denúncia contra Eduardo Dutra

0

Nessa quinta-feira, o Conselho de Ética do Senado arquivou a denúncia contra o senador Eduardo Dutra (PT). Ele havia sido acusado de ter conhecimento da violação do painel eletrônico de votação do plenário, na sessão secreta que cassou o mandato do ex-senador Luiz Estevão, em junho do ano passado. Quem determinou que a denúncia fosse arquivada foi o presidente do Conselho, Gilberto Mestrinho (PMDB-AM), por acreditar que não há nenhum fato novo que aprove a investigação contra o senador. A denúncia partiu do senador Geraldo Althoff (PFL-SC), que tomou como base a reportagem “O cúmplice petista”, veiculada na revista IstoÉ (junho). Segundo a revista, Eduardo Dutra tomou conhecimento da violação do painel e não fez nada para que a irregularidade fosse repreendida, nem mesmo depois da votação, faltando assim com decoro parlamentar. Além disso, o senador Geraldo Althoff acusou Eduardo Dutra de, após saber da fraude, manter conversas com os ex-senadores Antônio Carlos Magalhães e José Roberto Arruda, o que fez com que o petista votasse seis vezes na sessão secreta que cassou o mandato do ex-senador Luiz Estevão.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais