Conselho Municipal de Direito da Mulher faz audiência

0

A audiência aconteceu nesta quinta-feira, 25 (Fotos: Portal Infonet)

O Conselho Municipal de Direitos da Mulher (CMDM) realizou nesta quinta-feira, 25, a primeira audiência pública com o objetivo de ouvir vários segmentos da administração pública e sociedade civil. A ação visa colher propostas para o Plano de Ação da gestão 2015/2016.

Presente no encontro, a presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher (CDDM) da OAB/SE, Adélia Pessoa, ressalva que o encontro é para construir o Plano de Ação visando a mulher.

“Temos que levantar os problemas, a finalidade e construir um plano de ação para o conselho e realizar um diálogo permanente sobre os direitos da mulher. É necessário que o conselho assuma o seu papel de controle das políticas públicas. Esse plano é para 2015/2016 porque é o nosso mandato no conselho representando a OAB. O nosso interesse é unir forças, articular e o fundamental é construir uma rede que ainda precisa ser consolidada em Sergipe”, afirma.

Adélia Pessoa diz que encontro é para unir forças 

Na oportunidade, Adélia Pessoa acrescenta ainda qual é o papel do CDDM para resguardar os direitos das mulheres. “O conselho tem o objetivo de promover, incentivar e fiscalizar essas políticas públicas se estão sendo cumpridas ou não e encaminhar propostas inclusive as Câmaras de Vereadores no sentido de uma política mais consistente nas áreas de atendimento a mulher, especialmente levando em consideração que a questão da violência contra a mulher é uma violência contra família e repercute no filho e idosos”, diz.

A audiência contou com o apoio da Secretaria Municipal da Família e da Assistência Social (Semfas) e da OAB.

Por Aisla Vasconcelos

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais