Copemcan: funcionário de empresa é preso ao entrar com celulares

0
Material foi encontrado no caminhão (Foto: Sejuc)

O funcionário de uma empresa de alimentação, que presta serviços ao Complexo Penitenciário Manoel Carvalho Neto (Copemcan), em São Cristóvão, foi preso em flagrante na tarde desta terça-feira, 28, ao tentar entrar com 27 celulares e uma máquina de tatuagem na unidade prisional.

De acordo com a Secretaria de Estado da Justiça e do Consumidor (Sejuc), a prisão ocorreu após investigações da direção do Copemcan com o Departamento do Sistema Penitenciário de Sergipe (Desipe).

Os trabalhos foram iniciados em março e após alguns celulares terem sido encontrados em uma panela de comida. Ao decorrer das investigações, identificou-se que o material só poderia chegar através de algum funcionário da empresa prestadora de serviços de alimentação pelo carregamento de alimentos nos caminhões.

Após uma revista nesta terça-feira, no caminhão, a direção e os policiais penais do presídio encontraram os 27 celulares e os respectivos carregadores, além de máquina de tatuagem com o material a ser utilizado. O funcionário preso em flagrante ficará à disposição da justiça.

Por Verlane Estácio com informações da Sejuc

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais