Corpo de Bombeiros fiscalizará Centro de Aracaju

0
Coronel Everaldo Ferreira (Foto: Arquivo / Portal Infonet)

A força tarefa do Corpo do Bombeiros, que há mais de um mês fiscaliza as lojas do Centro comercial de Aracaju, notificou cerca de 30 estabelecimentos para que regularizem sua condições diante do risco de pânico e incêndio.

Segundo o Coronel Everaldo Ferreira, diretor de atividades técnicas do Corpo de Bombeiros, as fiscalizações serão intensificadas nos próximos dias. “A fiscalização foi iniciada em fevereiro com o intuito de minimizar os danos causados por incêndio, e alertar as lojas que não cumprem com as normas legais de segurança. Com isso,  pretendemos fortalecer a fiscalização até o começo do mês de abril”, explica.

Ele afirma que os irregularidades mais comuns referem-se à sobrecarga elétrica. “Os problemas mais observados estão na parte de fiação e no excesso de ar-condicionados e luminárias ligados. Além disso, muitos almoxarifados e depósitos também apresentam problemas, sem estantes e corredores de acesso”, acrescenta.

O Coronel destaca que foi concedido um prazo de 5 a 10 dias para que as lojas notificadas compareçam ao Corpo de Bombeiros para a regularização da situação. "Até o momento não houve nenhuma loja interditada, contudo, os estabelecimentos devem garantir sempre as saídas de emergência, extintores, placas de sinalização e iluminação de emergência”, finaliza.

Por Geilson Gomes e Verlane Estácio

Comentários