Corpos de padre e adolescente são velados em igreja

0
Missa marca despedida de padre (Fotos: Cássia Santana/Portal Infonet)

Fiéis lotam a igreja da Paróquia São Marcos Evangelista, em Nossa Senhora do Socorro, para fazer as últimas homenagens e se despedir do padre Eriston Figueiredo do Nascimento, 36, da Paróquia de Capela, que morreu no início da tarde da segunda-feira, 24, em acidente de trânsito ocorrido na BR 235, na altura do km 19.

Os corpos do padre e também do adolescente Pedro Henrique de Moraes Alencar Cavalcante, que completaria 14 anos e estava no veículo que estava sendo conduzido pelo padre Eriston naquele acidente, estão sendo velados na Paróquia São Marcos Evangelista, no Conjunto Marcos Freire II, onde há missa celebrada pelo padre Bernardino e pregação de padre Farias.

Da Paróquia São Marcos Evangelista, o corpo do padre Eriston será transportado para o município de Capela. No primeiro momento, o arcebispo d. Palmeira Lessa celebrará missa de corpo presente na Paróquia Nossa Senhora do Amparo e, posteriormente, será sepultado no cemitério local.

Fiéis lotam igreja no Marcos Freire

O corpo do adolescente permanecerá em Aracaju e será sepultado assim que o pai, que está em outro Estado, chegar à capital sergipana.

“O padre Eriston era uma pessoa muito carinhosa, brincava com todo mundo e sério naquilo que fazia”, resumiu o padre Benjamin, da Paróquia de São Domingos, que trafegava na mesma rodovia no momento do acidente.

O padre Benjamin conduzia um outro veículo e saiu de São Domingos, na segunda, com destino à capital sergipana. “Passei pelo acidente, tinha três carros da Polícia Rodoviária Federal no local, mas não podia parar e eu prossegui”, lembra o padre Benjamin, que só tomou conhecimento que o acidente teria como vítima o colega quando chegou em Aracaju, por meio de uma mensagem que recebeu no telefone celular.

Os afilhados do padre choravam durante toda a celebração na Paróquia São Marcos Evangelista. O secretário adjunto do trabalho de Nossa Senhora do Socorro, Stefisson Barbosa, é um dos afilhados do padre Eriston, e em todos os momentos na igreja consolava outros fiéis que estão se sentindo órfão.

Stefisson consola uma das afilhadas do padre

O horário do sepultamento, segundo Stefisson Barbosa, ainda não foi definido. Vai depender do encerramento da missa no Marcos Freire e também da celebração que será feito no velório que ocorrerá na igreja de Capela.

Por Cássia Santana

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais