Corte no orçamento ameaça Sergipe

Enxugamento nos ministérios pode trazer prejuízos para Sergipe. É que a maioria das 17 emendas coletivas incluídas no orçamento da união está nas áreas de corte de R$ 7,5 bilhões.

Só na Secretaria de Desenvolvimento Urbano o corte é de 83,99% e Sergipe espera a liberação de 4 emendas como melhorias de condições de moradia, revitalização de centros urbanos, além de serviçoe e ações de saneamento básico.

Segundo o deputado federal Jorge Alberto (PMDB), não se pode dizer se Sergipe vai perder ou não, pois é preciso esperar saber quais serão os critérios de redistribuição do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais