Covid-19 afasta mais de 100 policiais e bombeiros do trabalho

0
Polícias Civil, Militar e Bombeiros registram ocorrências dentro da corporação (Foto: Ilustrativa/SSP)

A pandemia de Covid-19, o novo coronavírus, já é responsável pelo afastamento de pelo menos 100 policiais militares e civis, e bombeiros militares dos serviços – seja por afastamento preventivo ou infecção do vírus. Alguns dos profissionais afastados preventivamente desempenham funções administrativas das suas casas, conforme informado pela Polícia Militar de Sergipe, por exemplo.

Na Polícia Civil, 40 agentes foram afastados por estarem enquadrados nos grupos de risco. Outros 14 policiais tiveram diagnósticos positivos para a Covid-19 e foram afastados, e pelo menos 20 apresentaram sintomas suspeitos da doença e também foram designados para o isolamento domiciliar. Na Cogerp, foram três agentes infectados e um do grupo de risco. Todos cumprem isolamento domiciliar. Os dados foram confirmados pela Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP/SE).

Na Polícia Militar, 44 militares foram afastados preventivamente, e 10 testaram positivo para a Covid-19. Eles também foram deslocados para o isolamento domiciliar. Segundo a PM, até o momento 6 deles já tiveram o diagnóstico de cura da doença.

No Corpo de Bombeiros, um profissional testou positivo para a doença, cumpriu isolamento, e atualmente está curado. Oito militares seguem em isolamento domiciliar por serem parte de grupos de risco.

Assim como os profissionais da saúde, os policiais e bombeiros fazem parte da linha de frente no combate a Covid-19 e estão mais expostos ao vírus. Até o momento, nenhum óbito foi registrado entre esses profissionais das forças de segurança.

Por Ícaro Novaes
Com informações da SSP/SE

Comentários