Cresce número de acidentes no período junino

0

Acidente envolvendo microônibus vitimou uma pessoa no dia 1° de junho / Foto: Arquivo Portal Infonet
A Polícia Rodoviária Federal registrou durante o mês de junho, período de Festejos Juninos 2010 no Estado, 135 acidentes, com 105 feridos e 11 mortes. O número foi superior ao registrado no ano passado que foi de 92 acidentes, 50 feridos e oito mortes. 

Segundo a PRF, apesar do trabalho ostensivo de fiscalização realizado nas rodovias federais de Sergipe durante os Festejos Juninos, muitos motoristas ainda insistiram em cometer atitudes imprudentes. Tais atitudes podem ser comprovadas principalmente no número de notificações registradas.

Durante o mês de junho a PRF autuou 2558 motoristas dos quais 431 foram notificados por ultrapassagens indevidas. Essa infração é uma das mais perigosas e uma das principais causadoras de mortes nas rodovias, pois acarreta muitas vezes em uma colisão frontal onde as chances de sobrevivência são mínimas. Um triste exemplo disso é que dos nove acidentes fatais, cinco foram causados por colisões frontais onde sete pessoas morreram. 

Lei Seca

Ainda de acordo com o balanço da PRF, muitos condutores desrespeitaram a Lei Seca. Por conta disso, foram autuados 77 motoristas (média de 2,5 por dia) dos quais 40 foram detidos por exceder o limite de 0,3 mg/l (miligramas de álcool por litro de ar expelido dos pulmões).

Combate à criminalidade 

Além da atribuição de fiscalização de trânsito nas rodovias federais, a Polícia Rodoviária Federal também faz um trabalho ostensivo de combate à criminalidade. Durante os festejos juninos, três pessoas foram detidas por porte ilegal de arma de fogo, uma carga irregular com medicamentos foi apreendida, cinco mandados de prisão foram cumpridos, três veículos roubados foram recuperados e um condutor também foi detido por dirigir sob efeito de substância entorpecente, nesse caso, maconha.

Com informações da PRF

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais