Criança de 8 anos permanece internada na área vermelha

0

A.G.J, 8, filha do casal (Fotos: Kátia Susanna/Portal Infonet)

Na tarde deste domingo, 20, a assessoria de comunicação do Hospital de Urgência e Emergência de Sergipe (Huse) encaminhou nota a redação do Portal Infonet. De acordo com a nota o bebê I.M.J, de 11 meses foi resgatado em estado gravíssimo. Ele sofreu uma parada cardiorrespiratória ainda no local. Durante os primeiros atendimentos realizados pelo SAMU no local e durante o trajeto até o hospital, os médicos tentaram reanimá-lo, mas a criança não resistiu e foi a óbito antes mesmo de chegar à unidade hospitalar. Os laudos sobre as causas do desabamento devem ficar prontos em até 60 dias.

De acordo com o médico emergencista, Johnson Lucas Marques, o estado de saúde de três vítimas que estão internadas na Área Vermelha é considerado estável. Os pacientes internados são: Vanice de Jesus, 31, mãe das crianças. O quadro é considerado estável, orientada e consciente. Passará por exames clinicos e radiologicos e permanecerá em observação.

A menina de 8 anos foi a primeira a ser retirada

Josevaldo da Silva, 24, também estável, orientado e consciente. Também passará por exames clínicos e radiologicos e permanecerá em observação. A.G.J, 8, filha do casal, foi a segunda pessoa a ser salva pelas equipes. Ela permanece internada na Área Vermelha e seu estado de saúde é considerado estável.

Ainda segundo a assessoria do Huse, os pacientes internados continuam em hidratação e correção de distúrbio hidroeletrolítico. Participaram da operação de resgate o Corpo de Bombeiros, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192), Força Nacional, Defesa Civil Municipal e Estadual, Petrobras, Secretaria de Estado da Saúde (SES), Fundação Hospitalar de Saúde (FHS), Policia Militar, SMTT. O prédio seria entregue aos proprietários e locatários, dentro de dois meses e as causas do desabamento ainda não foram divulgadas.

Por Kátia Susanna

Comentários