Crime de mãe e filha pode ter uma terceira pessoa envolvida

0
O caso será investigado pela delegada de Neópolis (Foto: Arquivo Portal Infonet)

Essa semana as mortes de uma mulher e sua filha, chocou a população sergipana e intriga a polícia quanto as causas e as circunstâncias que os corpos das vítimas foram encontradas. A criança, de três anos, foi encontrada às margens da rodovia que liga os municípios de Neópolis a Ilha das Flores, nas proximidades do Morro do Acaré. Ao lado do corpo, havia uma boneca.

A mãe, Rosaly Crispim dos Santos, foi localizada por policiais militares ainda com vida, mas agonizando. Existe a suspeita de que mãe e filha podem ter sido vítimas de envenenamento. A versão de que a mãe teria matado a filha e depois cometido o suicídio também está sendo investigada pela polícia, mas segundo a delegada do município de Neópolis, Michele Araujo dos Santos, uma terceira pessoa na cena do crime não foi descartada. A polícia também ouvira familiares das vítimas. A condição de saúde da mulher também será fruto da investigação.

No Instituto Médico Legal (IML) a informação é que a confirmação da causa das mortes será esclarecida em 30 dias.

Por Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais