Crime em Indiaroba: Menor envolvido já está em liberdade

0

Paulo César continua preso (Foto: Reinaldo Gasparoni)

Ainda repercute no município de Indiaroba, a violência contra um casal residente no Povoado Sete Brejos, quando três homens [um deles, menor] anunciaram o assalto e não satisfeitos, estupraram a mulher.

Na Delegacia de Indiaroba a informação é de que o menor foi levado para o Centro de Atendimento ao Menor (Cenam), mas já foi liberado e transita livremente pelas ruas de Indiaroba.

De acordo com o diretor do Cenam, Wigner Quintela, o processo de desinternação é feito por ordem judicial. “Sem o nome completo do menor, fica difícil eu identificar, mas posso adiantar que a saída é da competência do Poder Judiciário por meio da 17ª Vara da Infância e da Juventude, que faz uma avaliação dos internos com base em relatórios. Nessa avaliação, pode haver a progressão da medida ou liberação. Nós não liberamos sem o mandado de desinternação”, explica Wigner Quintela.

Wigner Quintela: "Não liberamos sem o mandado de desinternação" (Fotos: Arquivo Portal Infonet)

crime aconteceu no Povoado Sete Brejos, em 15 de fevereiro de 2013. O casal estava dentro de um veículo nas proximidades do rio, quando foi abordado pelos homens encapuzados, que levaram o carro, o som e todos os pertences, incluindo dinheiro. E não satisfeitos, sexualmente a mulher.

No dia 21 de fevereiro, a polícia civil de Indiaroba e a Companhia de Policiamento Rodoviário Estadual da Polícia Militar (CPRv) prenderam Paulo César Santos Ferreira, 21 e um adolescente de 16 anos, que foi encaminhado ao Cenam.

À época, o delegado Hugo Leonardo detalhou que o casal estacionou um veículo GM Montana, cor branca, nas margens de um rio em uma localidade conhecida como Macaquinho que é constantemente frequentada pela população para lazer, principalmente para a prática de pesca e banho quando foi abordado pelo trio.  As vítimas desceram do veículo e quando estavam juntos a beira do rio foram surpreendidos pelos três criminosos que estavam encapuzados e anunciaram o assalto.

Delegado Hugo Leonardo detalha prisão

"Todos estavam utilizando camisas em forma de capuz. Um estava armado com uma foice e outro com uma faca que foram furtados de uma propriedade. O terceiro simulou estar com um revólver. Ainda segundo Leonardo, os criminosos deitaram as vítimas no chão de terra e agrediram o homem. Rasgaram as roupas do casal e os três estupraram a mulher”, destacou o delegado durante a apresentação de Paulo César Santos.

Um terceiro envolvido continua foragido.

Por Aldaci de Souza

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais