Crimes passionais chocam Itabaiana

0

A tarde desta quarta-feira, 25, foi marcada pela violência na cidade de Itabaiana. Dois crimes passionais chocaram os moradores da cidade. O primeiro caso aconteceu por volta das 15h30 na praça de eventos da cidade e teve como vítima Hudson Mateus Almeida, que foi alvejado com seis tiros de revólver calibre 38 na cabeça. O segundo crime ocorreu naquelas proximidades. Adeilson Nascimento Santana, 23 anos, foi morto a facadas e o autor do crime já foi reconhecido, mas encontra-se foragido.

De acordo com o delegado Marcelo Hercos, logo após o crime que vitimou Hudson Mateus Almeida, Gilvan de Jesus Mota foi preso em flagrante por uma guarnição do 3º Batalhão da Polícia Militar. No momento da prisão, ele estava com a arma e várias munições deflagradas e intactas. Gilvan confessou o atentado e disse aos militares que matou Hudson porque no passado ele teve um relacionamento com sua atual companheira.

O acusado foi conduzido à Delegacia Regional de Itabaiana para ser lavrado o flagrante. Hudson foi conduzido em estado gravíssimo para o Hospital Regional Garcia Moreno.

Sobre o segundo crime, o delegado conta que a vítima estava em um bar, em frente a um supermercado, quando o autor do crime chegou e presenciou a esposa com Adeilson. O acusado pegou uma faca na barraca da mãe da vítima e em seguida desferiu vários golpes na altura do pescoço e do tórax. Adeilson não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Hercos disse que a prisão do acusado é uma questão de tempo. “Crimes de natureza passionais dificilmente podem ser impedidos, o que a polícia pode fazer é prender os acusados, provar o crime e entregar o caso a Justiça para julgamento”, explicou.

Com informações da SSP

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais