Cuidado com as multas

0

Quem não cumprir as metas, estará sujeito às multas
Depois que o Supremo Tribunal Federal (STF) aprovou o plano de racionamento de energia do governo, estão de volta as pesadas multas para quem não cumprir as metas. Agora não adianta mais se espernear, nem procurar liminares. No momento em que o STF declarou a constitucionalidade do Plano de Racionamento, todas as liminares emitidas anteriormente contra o plano perderam a validade e, a partir de então, não há mais como se livra do famigerado racionamento.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais