Déda assina carta-compromisso contra trabalho escravo

0

Hoje, 15, às 10h, o governador de Sergipe, Marcelo Déda, vai assinar uma carta-compromisso contra o trabalho escravo. A solenidade acontece no Auditório do Palácio dos Despachos e contará também com a presença de Patrícia Audi, representante da Organização Internacional do Trabalho (OIT), Tarcísio Bastos Cunha, secretário de Relações Institucionais da Presidência da República, Leonardo Sakamoto, membro da Comissão Nacional pela Erradicação do Trabalho Escravo e coordenador-geral da Repórter Brasil.

A entidade lançou nas eleições do ano passado um compromisso público de combate ao trabalho escravo. 
De acordo com o secretário de Estado do Trabalho, Juventude e Promoção da Igualdade, Renato Brandão, com a carta-compromisso o Governo do Estado vai prevenir esse tipo de prática criminosa contra os trabalhadores em Sergipe. 

N
ão há registros de trabalho escravo no Estado, mas a Delegacia Regional de Trabalho (DRT/SE) recebeu, em 2006, denúncias de trabalho degradante nos municípios de Cristinápolis e Umbaúba.

Comentários