Déda faz avaliação da administração em almoço com a imprensa

0

O prefeito de Aracaju, Marcelo Déda, reuniu no início da tarde de hoje, no Bar e Restaurante do Sapatão, localizado na recém-inaugurada orla do bairro Industrial, a imprensa sergipana para um almoço de confraternização. Segundo o prefeito, o encontro foi uma forma de agradecer a contribuição da mídia em geral para a sua administração e, paralelamente, uma oportunidade de prestar contas desse terceiro ano de governo. “A imprensa é uma ferramenta fundamental para o exercício da democracia. Ela mantém a sociedade informada e fiscaliza, questiona, enfim, é uma grande aliada do poder público e da população”, descreveu o prefeito. Antes do almoço, o prefeito agradeceu aos presentes a atenção destinada à PMA durante o ano . Em seguida, o prefeito fez um balanço positivo das ações realizadas neste período. “Tenho uma avaliação extremamente positiva de 2003. Foi o ano da consolidação administrativa da gestão ‘Aracaju para todos’. Nosso primeiro ano serviu para vencer o ceticismo que cercava a primeira administração petista de Aracaju. O segundo ano foi, por conta da eleição para o Governo do Estado, um ano mais político. E este ano, que nos recusamos a antecipar o debate eleitoral de 2004, trabalhamos para alcançar os resultados das políticas públicas para o município e, também, para entregar às comunidades obras históricas, como a Avenida São Paulo e a Orla do Bairro Industrial”, explicou Déda. Entre os destaques de sua administração, o prefeito salientou o bom relacionamento com a Câmara de Vereadores neste doze meses e a abertura de concurso público, com mais de 1600 vagas, para o município. Ele também declarou que, em sua gestão, o orçamento de Aracaju deve dobrar. “Em quatro anos o orçamento deve chegar a R$ 400 milhões. Isto sem a criação de nenhum tributo, inclusive com a perda de um, a Taxa de Iluminação Pública – TIP -, que era cobrada em Aracaju há mais de 30 anos”, disse. O prefeito, em seguida, salientou a isenção, de pagamento do IPTU, dada a diversos contribuintes. “Até assumirmos a Prefeitura, existiam seis mil isentos, hoje temos 22 mil”, declarou. Déda também anunciou obras para o próximo ano. “Até o final de 2004 devemos realizar a reforma de todos os Terminais Rodoviários. Estaremos também, no primeiro semestre, inaugurando o novo Complexo Administrativo da Prefeitura, no prédio do antigo Cesec do banco do Brasil, que deverá abrigar todas as Secretarias Municipais. Por fim, Também deveremos inaugurar o primeiro hospital público municipal, um pronto socorro que será instalado na Zona Norte”, informou.

Comentários