Delegada e escrivã serão denunciadas pelo MP

0

O Ministério Público de Sergipe, através do promotor Augusto César Lobão, deverá apresentar denúncia contra a delegada Meire Mansuet, e escrivã Eliene Silva Oliveira – a Lico – e o civil Petrúcio Pereira Gomes por, segundo o órgão, participarem diretamente da fuga do preso Floro Calheiros Barbosa, ocorrida em julho do ano passado, na 1ª Delegacia Metropolitana. Segundo o promotor, há indícios que levam a crer na elaboração e participação da fuga.

 

Floro Calheiros estava preso sob a acusação de ter participado na trama de morte contra o deputado estadual Joaldo Barbosa, ocorrida no início de 2003. Entre as constatações elencadas pelo representando do MP estão as de que não existia controle de visitas ao preso e que o mesmo circulava livremente pelas dependências da delegacia. O promotor também não descarta que outros nomes possam ser denunciados durante a instrução criminal.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais