Denatran estuda reajuste nos valores das multas de trânsito

0

Os valores das multas de trânsito serão reajustados pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). O órgão informou que as infrações não são atualizadas desde outubro de 2000, devido à extinção da Unidade de Referência Fiscal (Ufir), que estipulava quanto os condutores deveriam pagar. Hoje, uma penalidade gravíssima não pesa menos do que R$ 191,54 no bolso dos infratores.

Os estudos técnicos estão a cargo de uma comissão do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), criada duas semanas atrás. O grupo decidirá que índice de inflação será adotado para regulamentar as multas.

O governo estuda adotar o Índice Geral de Preços de Mercado (IGP-M) como base para o reajuste. Se isso acontecer, a multa mais cara será de R$ 1.770.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais