Deputado quer debater Ato Médico

0

Francisco Gualberto, deputado estadual pelo PT, dá entrada hoje, na Assembléia Legislativa, a um requerimento convidando representantes dos conselhos regionais de fisioterapia, nutrição, enfermagem e medicina para participar de sessão especial no Plenário da casa legislativa. O objetivo é debater o Projeto de Lei 025/2002, denominado Ato Médico, em tramitação no Congresso Nacional.

 

O Ato Médico tem sido alvo de críticas por diversas categorias de profissionais ligados à área de saúde por propor questões polêmicas. Apoiado pelo Conselho Federal de Medicina, os médicos alegam que a Lei se faz necessária para regularizar a atividade profissional. Porém, o Projeto pode causar uma espécie de hierarquia na saúde, fazendo com que toda a área fique subjugada à medicina.

 

A justificativa do Conselho Federal de Medicina é que com a Lei, o paciente será o melhor atendido e, caso necessite de ajuda médica, poderá ter o apoio de profissionais especializados. “Pelo relato que temos destes profissionais, é como se eles passassem a viver uma ‘ditadura médica’. O problema é que todas elas são profissões legais e não podem ser prejudicadas”, contesta Gualberto.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais