Desipe investiga fugas e tentativa de homicídio

0

Dois inquéritos administrativos foram instaurados ontem pela direção do Departamento de Sistema Prisional de Sergipe – Desipe – para investigar duas fugas, e uma tentativa de homicídio, ocorridas nas penitenciárias de São Cristóvão e Nossa Senhora da Glória. Na última quinta-feira, dia 14, escapou do Complexo Penitenciário José Carvalho Neto o preso Nélson Ferreira Faustino – um dos condenados por envolvimento no seqüestro do empresário Franklin Vieira, do grupo Maratá. Ontem pela manhã, por volta das 4h30, o preso Givanildo Alves dos Santos, acusado de roubos e assaltos, empreendeu fuga da Penitenciária Regional Senador Leite Neto e baleou o agente penitenciário José Evangelista da Silva. O tenente-coronel José Carlos Cruz informou que pretende investigar se, nos dois casos, houve facilitação e participação de servidores do sistema nas fugas e na entrada da arma no sistema prisional.

Comentários