Deso é obrigada a fornecer água a comunidade quilombola

0

Após ação do Ministério Público Federal em Sergipe (MPF/SE) contra a Companhia de Saneamento de Sergipe (DESO), a Justiça Federal condenou a companhia para que estabeleça o fornecimento de água à comunidade quilombola Lagoa dos Campinhos, situada no Município de Amparo do São Francisco.

Foto: PGE

Na ação, o MPF pede que a DESO disponibilize o uso de dois caminhões-pipa, três vezes por semana, para garantir o acesso à água potável para o povoado. Embora o acesso à àgua seja um direito fundamental da pessoa humana, a companhia não chegou a ofertá-lo, mesmo depois de assinar um Termo de Compromisso, em 2011, em que se comprometia com o estabelecimento da oferta de água na comunidade.

Decisão

A Justiça Federal decidiu em primeira instância que a DESO deve disponibilizar dois caminhões-pipa, três vezes por semana, até que seja regularizado plenamente o serviço de água no povoado.

Em caso de descumprimento dessas medidas, a pena é de multa diária cominatória de R$ 1.000,00.

O número do processo para consulta é 0801482-91.2014.4.05.8500.

Fonte: Ascom MPF

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais