Desocupação: famílias não vão deixar hotel

0

250 famílias ocupam hotel na Orla de Atalaia
O coordenador do Grupo de Gestão de Crises e Conflitos, capitão Marcos Carvalho, afirmou nesta quarta-feira, 23, que as 250 famílias que estão ocupando um hotel na Orla de Atalaia não vão mais deixar o local nesta quinta-feira, 24. De acordo com o capitão o motivo do adiamento teria sido em virtude do período junino e por outras questões que precisam ser acertadas.

Marcos carvalho afirmou que não existe uma data para que a desocupação aconteça. Segundo um dos diretores do Movimento Organizado dos Trabalhadores Urbanos, Silvanei de Jesus, o movimento pretende resistir.

“O movimento pretende resistir, até porque são famílias que não tem para onde ir e que viviam em condições de extrema pobreza”, afirma.

Ocupação

A luta pela casa própria fez com que as 250 famílias ocupassem um prédio na Orla de Atalaia, desde o último dia 2 desse mês. O prédio antigo de um hotel inacabado, localizado na Orla de Atalaia, zona sul da capital, virou a nova moradia para cerca de 500 pessoas entre idosos, crianças, jovens e adultos que visualizam a esperança de poder adquirir uma residência.

Por Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais