Homicídio no Santos Dumont é classificado como complexo pelo DHPP

0
Homicídio no Santos Dumont ocorreu em novembro (Foto:Facebook/ Informações Policiais)

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) continua com a investigação para apurar a morte de Everton Gladeston de Oliveira Filho, 24, vulgo “Ninho” que foi alvejado por arma de fogo e veio a óbito em novembro do ano passado.

Segundo a assessoria de comunicação da Secretaria de Segurança Pública (SSP), o caso está sendo investigado pela delegada Thereza Simony que destacou que várias diligências foram feitas na tentativa de descobrir o autor dos disparos.

Ainda de acordo com a SSP, o caso ainda não foi concluído, mas é considerado complexo e que por este motivo, a delegada não irá passar mais informações sobre o caso, até que ele seja concluído.

Relembre

Segundo informações da Polícia Militar, Everton estava conduzindo um Voyage branco, em novembro de 2018, nas imediações da Praça Ulisses Guimarães, quando foi seguido por um veículo preto e foi atingido pelos disparos, falecendo ainda no local.

Uma mulher que estava no veículo com Everton também foi atingida na região da perna. Ela foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhada ao Hospital de Urgências de Sergipe (HUSE).

por Aisla Vasconcelos

Comentários