Dieese aponta queda na cesta básica em Aracaju

0

O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócio-Econômicos (Dieese) detectou que em janeiro de 2005 houve uma variação no comportamento do custo dos gêneros de primeira necessidade em dezessete capitais brasileiras onde é realizada, mensalmente, a Pesquisa Nacional da Cesta Básica.

 

Em Aracaju, a pesquisa mostrou que o preço da cesta básica recuou em 0,65%. Porém, de acordo com o Departamento, quando se considera a variação do custo da cesta em doze meses, verifica-se que dez capitais apresentaram redução no custo da alimentação essencial mínima. Aracaju está entre as capitais que apresentaram queda expressiva, de 11,06%.

 

O Dieese apontou que o trabalhador que ganha salário mínimo precisou cumprir, na média das dezesseis capitais pesquisadas, uma jornada de 126 horas e 35 minutos para adquirir os bens essenciais, uma jornada ligeiramente maior que a exigida em dezembro (124 horas e 48 minutos).

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais