Dois corpos dão entrada no IML

0

Os corpos de dois homens deram entrada no Instituto Médico Legal (IML) nas últimas 24 horas. O nome do eletricista Jailton dos Santos, de 41 anos, estava entre os registros. Segundo informações, o eletricista exercia atividade na cidade de Lagarto para Energisa, empresa de distribuição de energia elétrica no Estado, quando sofreu no dia 14 deste mês uma descarga elétrica de alta tensão.

Desde o dia do acidente, ele vinha recebendo atendimento no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), mas seu estado de saúde só piorava até que chegou a óbito na noite de ontem. A causa da morte ainda é indeterminada, mas o médico legista do IML retirou fragmentos do corpo da vítima para análise com o objetivo de levar a conhecimento as causas do óbito.

Morte por acidente na BR-101

Um acidente de trânsito levou o motorista Samuel Passos Cavalcante, de 28 anos, à morte. De acordo com um profissional responsável pela identificação humana e reconhecimento de pessoas em crimes e acidentes graves, o papiloscopista do IML Valter Luis informou que a fatalidade aconteceu por volta das 16h30 dessa quarta-feira, 17, na BR 101, em uma região próxima ao Colégio Agrícola, no município de São Cristóvão.

“A vítima dirigia uma ambulância da cidade de Barra dos Coqueiros e ia para São Cristóvão, quando o veículo chocou brutalmente com um caminhão de grande porte que vinha em sentido contrário. Certamente houve uma ultrapassagem forçada, o que levou a esse terrível acidente”, disse o papiloscopista com suposições.

“Os motoristas dos dois veículos caíram em um barranco, ao lado do acostamento da rodovia. A ambulância ficou completamente destruída. A vítima teve o tronco decepado pelas ferragens, tendo o corpo dividido em duas partes. Quando cheguei ao local para fazer as análises, o motorista do caminhão não mais se encontrava no local porque foi encaminhado para atendimento de urgência, mas ele deve passar bem”, descreveu Valter Luis alguns traços dessa fatalidade, acrescentando que o corpo da vítima foi liberado imediatamente do IML.

Por Jeimy Remir e Diógenes de Souza

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais