Dois morrem em troca de tiros com a polícia

0

Dois morreram e um está preso / Foto: Exclusíva Portal Infonet
No início da tarde desta sexta-feira, 26, a polícia realizou uma grande operação para prender uma quadrilha de traficantes e assaltantes que tem ramificação com o Primeiro Comando da Capital (PCC). A operação foi realizada no conjunto Jardim, localizado no município de Nossa Senhora do Socorro.

De acordo com a delegada do Departamento de Narcóticos (Denarc), Aliete Maria Andrade de Melo, as primeiras informações eram de que cinco suspeitos estavam reunidos, mas quando a polícia chegou ao local só encontrou três homens.

“Quando chegamos fomos recebidos com tiros, a polícia reagiu e dois faleceram”, conta a delegada, salientando que todos os acusados são ex-presidiários. Os suspeitos que faleceram foram identificados como Suelinton Torquato

O carioca Dario está preso no Denarc Foto: Portal Infonet 
Ferreira, de 29 anos e Thiago Rodrigues dos Santos, de 21 anos.

A polícia conseguiu prender o carioca Dario Antônio Batista, de 37 anos. De acordo com o Comandante de Policiamento da Capital, coronel Maurício Iunes, será pedida a ficha criminal para saber se ele responde a algum crime no Rio de Janeiro. “A nossa principal preocupação é com a sociedade porque tínhamos informação de que eles iriam realizar dois assaltos a casas lotéricas e mais um assalto a uma loja de jóias nesta sexta-feira [25]”, conta Iunes.

O superintendente da Polícia Civil, João Batista, disse que as

Com a quadrilha foi apreendido o estatuto do PCC Foto: Portal Infonet
investigações continuam e que a principal preocupação é com a ramificação do PCC nos presídio sergipanos. “Sem sombra de dúvida a principal ramificação do PCC é nos presídios, por isso temos que construir presídios mais seguros, a exemplo do Santa Maria que não permite o contato entre eles”, afirma.

Com os acusados foram apreendidos um revólver calibre 32, outro calibre 38, vários celulares, cerca de 200 gramas de crack, 300 gramas de maconha, além de cadernos de anotação de possíveis dívidas de usuários de drogas e um estatuto do PCC.

Por Kátia Susanna

Comentários