Dupla alagoana é presa com mais de 70kg de drogas

0

Mais 70 kg de drogas foram encontradas no local (Fotos: Portal Infonet)

Segundo o delegado Osvaldo Resende, as investigações tiveram início há cerca de um mês

O Departamento de Narcóticos da Polícia Civil (Denarc) desarticulou na manhã desta terça-feira, 19, um centro de distribuição de entorpecentes no bairro Aruana, Zona de Expansão de Aracaju. A operação resultou na prisão dos alagoanos Renan da Silva Lima, 21 anos e Gledsi Lincon Santos Souza, 19 anos. 

As investigações, segundo o diretor do Denarc, delegado Osvaldo Resende, tiveram início há cerca de um mês, após o Disque-Denúncia, dando conta sobre o funcionamento de um local de distribuição de drogas na Zona de Expansão de Aracaju. “Cerca de 15 policiais do Denarc e da Delegacia Geral da Polícia Civil participaram desta operação que também teve a parceria com a Policia Civil do estado de Alagoas e com o setor de inteligência e de narcóticos da polícia alagoana", afirma.

Com eles, foram encontrados 70kg de maconha, 550g de cocaína, três balanças digitais utilizadas para pesagem da droga, agenda com anotações do comércio ilícito de entorpecentes, rolos de fitas adesivas usados para embalar drogas, prensa hidráulica e metais utilizados no processo de prensagem dos narcóticos.

Segundo o delegado, no momento da operação, houve resistência por parte de um dos suspeitos. No confronto com os policiais, Renan da Silva Lima acabou sendo alvejado, mas foi prontamente socorrido e encaminhado ao Hospital de Urgência de Sergipe (Huse).

Autuados em flagrante, os presos responderão pelos crimes de tráfico de drogas, detenção de maquinário para o tráfico, associação para o tráfico, porte de arma de fogo de uso restrito e receptação. De acordo com o delegado, Renan já possui um mandado de prisão decretado pela justiça alagoana pelo crime de latrocínio.

Por Yago de Andrade e Aisla Vasconcelos
Com informações da SSP

Comentários