Dupla presa vendia certificados por cerca de R$ 350

0

Com a dupla foram encontrados certificados falsos, carimbos de instituições de ensino e aparelhos eletrônicos (Fotos: Portal Infonet)

A delegada Rosana Freitas confirmou as informações 

A uma operação realizada pela Polícia Civil de Sergipe, através da Delegacia de Defraudações e Combate à Pirataria (DDCP) resultou na prisão em flagrante de dois homens que atuavam na falsificação e comercialização de certificados de conclusão do ensino médio.

O produtor musical Igor Lemos Soares, 22 anos e o design gráfico Manilson Correia Santos Júnior, 28 anos, foram presos por volta das 14h, da tarde de ontem, 05, no Conjunto Sol Nascente, em Aracaju. Com a dupla foram encontrados certificados falsos, carimbos de instituições de ensino e aparelhos eletrônicos utilizados para a prática da fraude.

Segundo a delegada Rosana Freitas, a dupla marcava os pontos de encontro com os interessados nos certificados por meio das redes sociais. “Eles marcavam encontros através das redes sociais e faziam a entrega. A pessoa encomendava, pagava e eles entregavam”, explica. Ainda segundo a delegada, os valores dos certificados variavam entre R$ 200 a R$ 350.

Eles responderão pelos crimes de falsidade ideológica e falsidade material. Ainda segundo a delegada, as pessoas que adquiriram os certificados podem responder pelo crime de documento falso, que tem a mesma pena que o crime de falsidade ideológica [2 a 6 anos].

Ainda não se sabe há quanto tempo a dupla atua e quantos documentos foram produzidos, mas, segundo a delegada, a investigação terá continuidade para apuração de mais detalhes sobre os crimes.

Por Yago de Andrade e Aisla Vasconcelos

Comentários