E o ano começa…

0

Esta segunda-feira significa, na prática, o verdadeiro início do ano de 2004. A sexta-feira que passou, dia 2, por ser uma data “imprensada” com ponto facultativo pelo governo do Estado, mostrou uma Aracaju ainda sonolenta pelas festas de final de ano. Assim, o movimento no comércio e até nos hipermercados foi tímido em comparação aos dias normais. O final de semana foi também sonolento: o calor intenso, como nunca visto antes, derrotou a todos. Às vezes o mormaço dava a impressão de que iria dar lugar a um bem-vindo temporal, o que de fato não chegou a acontecer. Hoje não, a coisa vai ser diferente: as agências bancárias devem receber uma multidão de aflitos para cobrir cheques sem fundos, os servidores públicos vão estar a postos, e a coisa vai por aí…

Comentários