Em ato, servidores da Sefaz cobram implantação do PCCV

0
Em ato, servidores da Sefaz cobram implantação do PCCV (Fotos: Portal Infonet)

Manhã de protesto na capital sergipana. Lideranças do Sindicato dos Trabalhadores nos Serviços Públicos do Estado de Sergipe (Sintrase) ocuparam na manhã desta terça-feira, 10, o gabinete da Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz), situada no Centro Administrativo Augusto Franco, em Aracaju. Eles reivindicaram do governo a implantação do Plano de Cargos, Salários e Vencimentos (PCCV) aos servidores do órgão.

“O ato na porta do gabinete do secretário que se encontra fechado é para darmos uma condição ao governo para resolver as nossas pautas de reivindicação. A Sefaz tem até terça-feira para dar uma resposta se implanta ou não o PCCCV. Caso contrário, a partir de terça-feira, iremos radicalizar aqui na secretaria da fazenda, vamos ocupar o gabinete do secretário”, afirmou o presidente do Sintrase, Waldir Rodrigues.

De acordo com Waldir Rodrigues o PCCV já foi criado, aprovado, porém ainda não foi implantado. “Hoje a miséria reina nos servidores. Disseram à gente que não tinha dinheiro para implantar o plano de carreira, e fez um acordo com o Sintese dando aos professores um reajuste de 8.32%, dinheiro que é bem maior do que se gastaria com o PCCV”, finaliza.

O presidente do Sintrase, Waldir Rodrigues

Ato ocorreu na porta do gabinete do secretário da Sefaz

Sefaz

Em entrevista ao Portal Infonet, o assessor de comunicação da Sefaz, Elber Andrade disse que “tanto o reajuste quando a implantação do cargo e salários já estão sendo estudadas pelo governo, por meio da Seplag e Sefaz, onde estudam a melhor solução para tentar contemplar os servidores. Não há nada decidido ainda, mas o governo está se esforçando para encontrar uma alternativa que beneficie os servidores”, finaliza.

Por Leonardo Dias e Kátia Susanna

Comentários